Caixa de 20mil litros Mirabela 1

Reservatório de 20 mil litros foi instalado na Comunidade de Muquém (Mirabela, Norte de Minas) complementa o sistema de abastecimento para 800 famílias. 

 

O Governo do Estado -- por meio do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene) -- publicou no Minas Gerais do último sábado (3/8), a autorização para que 20 municípios retirem 70 caixas d’água metálicas de 20 mil litros cada. Esses reservatórios são destinados ao atendimento de comunidades, e dentro de uma análise da Secretaria de Estado de Governo (Segov) e do Idene, as prefeituras têm os seus pedidos atendidos.

A convivência com a seca é um dos maiores desafios da natureza, incluindo a vida humana. No semiárido mineiro, a dura realidade exige persistência dos seus moradores, mas também projetos e ações do poder público para atenuar os efeitos da pouca chuva, melhorando as condições de armazenamento de água para consumo humano, animal e pequenas produções. Essa tem sido uma das tarefas do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene), que compreende 258 municípios.

Segundo o diretor-geral do Idene, Nilson Borges, a autorização para retirada das caixas ocorre para todos os municípios que já cumpriram os requisitos definidos pelo projeto. “Estamos no período da seca e a nossa intenção é que as prefeituras retirem as caixas e façam as instalações o mais breve possível. Assim, quando a estação chuvosa chegar, o sofrimento das famílias que ainda convivem com a falta d’água será diminuído”, afirma.

Arinos, município da divisa do Noroeste com o Norte Minas, está sendo beneficiado com reservatórios de 20 mil litros. O prefeito Carlos Alberto ressaltou a agilidade na liberação e o benefício que trazem. “As caixas vão complementar os sistemas de abastecimento de água nos assentamentos rurais para melhorar a produção agropecuária e a qualidade de vida dos nossos pequenos agricultores familiares”, observa.

Santo Antônio do Itambé -- a 250 km de Belo Horizonte -- tem bastante água na parte serrana do município, mas enfrenta dificuldades em outras regiões, onde parte das nascentes secou. Com os reservatórios metálicos já retiradas, o prefeito João Antônio Baracho Júnior vai poder armazenar a água dos poços artesianos e fazer a distribuição para centenas de famílias. “Vamos substituir as caixas menores por essas de 20 mil litros e as pequenas comunidades não enfrentarão mais a falta de água”, assegura o prefeito Baracho Júnior.

 

 

 

Municípios atendidos nessa etapa

Os reservatórios metálicos são produzidos pela siderúrgica Usiminas como pagamento de dívida tributária de R$14,1 milhões. Com esse valor serão entregues 742 caixas de 20 mil litros para atendimento aos municípios da área do Idene que manifestem a necessidade dos equipamentos. O valor de cada unidade saiu por R$19.012,04 com acerto formalizado no governo anterior. A Segov e o Idene ficaram responsáveis pela análise e operacionalização das doações aos municípios que recebem pouca chuva e ainda enfrentam dificuldades para o armazenamento de água.

Os municípios beneficiados com as caixas d’água metálicas nessa fase, conforme a publicação no Minas Gerais, desse sábado (3/8) são: Aimorés, Arinos, Francisco Dumont, Jenipapo de Minas, Santa Helena de Minas, Brasília de Minas, Lagoa dos Patos, Luislândia, Águas Formosas, Bandeira, Engenheiro Navarro, Espinosa, Grão-Mogol, Malacacheta, Mamonas, Divino das Laranjeiras, Mirabela, Ninheira, Ubaí, Pintópolis e Central de Minas.

De acordo com a Gerência de Apoio à Política de Desenvolvimento Municipal, os municípios foram orientados a procurar a Usiminas para agendar, urgentemente, a retirada das caixas metálicas. O prazo máximo para isso é de 24 dias úteis após a publicação do dia 3/8 no Minas Gerais. Entre outros, as prefeituras fazem o compromisso de retirar as caixas e entregá-las às comunidades mais necessitadas.

 

Mais informações: (31) 3915-5232 - Assessoria de Comunicação do Idene

Enviar para impressão