Circuito de Compras Socais TO 1jpg

 

Teófilo Otoni (Vale do Mucuri) sediou o 1º Circuito Mineiro de Compras Sociais da região, promovido pela Associação Mineira de Supermercados (AMIS), em parceria com o Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), Sebrae Minas e Emater-MG. O evento ocorreu na terça-feira (6/8), no Expominas, com a presença recorde de 79 empreendedores, parte deles composta por agricultores familiares.

No 1º Circuito Mineiro de Compras Sociais, a comissão especial do Idene selecionou oito dos 79 empreendedores para participar do Espaço Idene na Exponor 2019, considerada a maior mostra empresarial do nordeste mineiro, a ser realizada de 22 a 25 de agosto, em Teófilo Otoni. “No estande do Idene, os selecionados vão ter espaço gratuito para expor, divulgar e comercializar o que produzem na região”, observou o diretor regional do Idene, Marcos Lima. A expectativa de público para a Exponor 2019 é de 60 mil visitantes nos três dias.

Lima salientou que o Circuito Mineiro de Compras Sociais é o primeiro de muitos eventos focados no desenvolvimento da região de Teófilo Otoni. “Os produtos chamaram atenção pela qualidade, como o carneiro defumado, linguiça artesanal e hortifrúti. Esses empreendedores receberam capacitação de especialistas que foram dar dicas e orientações de como vender para redes supermercadistas”, afirmou.

No evento, a diretora de apoio aos pequenos negócios e cooperativismo da Sede, Eneila Loiola, ressaltou como fundamental a aproximação dos pequenos negócios com a rede varejista, bem como a possiblidade concreta de parcerias que se traduzem em desenvolvimento econômico. “Como nos outros circuitos, houve participação do artesanato, por meio da Associação dos Artesãos de Teófilo Otoni – AATO, composta por 30 associados. Em Teófilo Otoni, a visão empreendedora do Supermercado Teka nos surpreendeu ao disponibilizar o espaço para uma mostra mensal dos artesãos locais a fim de valorizar e comercializar a produção”, resumiu.

Enviar para impressão